Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Novo director dos SAFP com longa lista de prioridades
Quarta, 02/09/2015

Eddie Kou tomou posse como director dos Serviços de Administração e Função Pública (SAFP). O responsável já desempenhava as funções desde Novembro do ano passado, depois da saída de José Chu.

 

Entre as prioridades imediatas, Eddie Kou nomeia três. “Em relação à estrutura administrativa, aos órgãos consultivos, vamos proceder a uma reestruturação dessas entidades. Nos funcionários públicos, vamos fazer uma revisão sistemática [...] da carreira profissional. Um terceiro aspecto é o regime de consulta pública. A sociedade tem apresentado várias opiniões sobre o regime de consulta pública. Por isso, vamos rever este sistema”, prometeu o director dos SAFP.

 

Eddie Kou quer ainda “optimizar” os serviços de tradução e promover a “protecção das línguas chinesa e portuguesa”. Outra medida na lista passa por “impulsionar o desenvolvimento do governo electrónico, elevando deste modo a eficiência administrativa e o nível dos serviços prestados”.

 

Eddie Kou indica também que vai dar continuidade à “revisão” do regime de recrutamento centralizado. Sobre novas contratações na Função Pública, o responsável admitiu que “há serviços que têm de aumentar o número de trabalhadores”. No entanto, os processos vão ser analisados de forma cuidadosa, tendo em conta a actual situação financeira.

 

“Vamos ver se o orçamento consegue fazer face às propostas de recrutamento de trabalhadores. Também temos de analisar se essas propostas são ou não bem fundamentadas”, explicou.

 

Questionado sobre a reforma do sistema eleitoral, Eddie Kou assegura que os trabalhos estão a decorrer. Até ao final do ano, vai ser concluído um relatório preliminar sobre as futuras alterações, que para o director dos SAFP podem “elevar a qualidade do processo eleitoral” e “aumentar a concorrência”.