Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Sónia Chan corta só nas "despesas desnecessárias"
Quarta, 02/09/2015

A secretária para a Administração e Justiça, Sónia Chan, diz que a palavra de ordem nos próximos meses é “controlar” as despesas. Ou seja, as medidas de austeridade não significam cortes indiscriminados, que possam influenciar de forma negativa os serviços.

 

“Em relação à decisão do Governo, primeiro, vamos cortar as despesas desnecessárias. Por exemplo, as deslocações desnecessárias ao exterior. Vamos tentar poupar mais as nossas receitas. Claro que a gestão rigorosa das finanças públicas é uma tarefa muito importante e um princípio geral, básico, que temos de seguir durante a governação. Não vamos cortar, cortar. Vamos controlar as despesas”, garantiu Sónia Chan, esta manhã, à margem da tomada de posse do director dos Serviços de Administração e Função Pública, Eddie Kou.

 

Questionada sobre possíveis cortes na frota de veículos dos diversos serviços sob a tutela da pasta da Administração e Justiça, Sónia Chan sublinha que não é uma fonte de despesa excessiva. A ausência de cortes nesta área deve ser extensiva às restantes secretarias.

 

De acordo com dados dos Serviços de Finanças enviados à Rádio Macau, a Administração tinha 3894 veículos, até Julho. O número não sofre alterações desde 2014. No entanto, este ano, foram compradas 127 viaturas que substituíram outras tantas retiradas de circulação. No total, o Governo gastou 58 milhões de patacas.

 

A secretária foi ainda questionada sobre a actualização dos vencimentos da Administração. Sónia Chan adianta que a Comissão de Avaliação das Remunerações dos Trabalhadores da Função Pública apresentou duas propostas. No entanto, os valores e o prazo para o anúncio de uma decisão do Governo não foram revelados.