Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Resort de David Chow em Cabo Verde pronto em 3 anos
Quarta, 22/07/2015

A Macau Legend Development e o Governo de Cabo Verde oficializaram hoje, no território, o acordo para a construção de resort integrado no país lusófono. Na cerimónia de assinatura, que decorreu no Landmark, o co-presidente e director executivo da empresa, David Chow, avançou que o projecto deve ficar concluído num prazo de três anos.

 

O projecto, que envolve um investimento que ronda os 2 mil e 150 milhões de dólares de Hong Kong, vai ser desenvolvido no Ilhéu de Santa Maria e cobrirá uma área de mais de 88 mil metros quadrados, além de uma zona marítima de 64 mil e 600 metros quadrados. David Chow, que é também o cônsul honorário de Cabo Verde em Macau, acredita que o novo resort será um “marco turístico” no país, já que combina os mais diversos elementos de lazer, turismo e entretenimento. 

 

Nas informações à bolsa de Hong Kong, foi dito que a concessão do jogo é de 25 anos, com os primeiros 15 a serem de exclusiva operação de casinos na Ilha de Santiago – a maior do arquipélago - pela Macau Legend. A empresa informa ainda que pagou ao Governo de Cabo Verde mais de 10 milhões de dólares de Hong Kong pela concessão. 

 

A promotora recebeu também uma licença especial para explorar, em exclusividade, jogo online em todo o país e o mercado de apostas desportivas durante 10 anos.

 

Um imposto de 10 por cento vai ser cobrado sobre as receitas brutas de jogo, enquanto o setor VIP vai ter uma dedução de 25 por cento, de acordo com o comunicado da Macau Legend à bolsa de Hong Kong.

 

Nesta cerimónia, esteve ainda presente a ministra cabo-verdiana do Turismo, Investimentos e Desenvolvimento Empresarial, Leonesa Fortes, que realçou que este “é o maior projecto externo” de Cabo-Verde. O plano da Macau Legend em Cabo Verde inclui hotéis, centros de conferências, um casino e uma marina.