Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 20/07/2015

A imprensa portuguesa destaca os achados arqueológicos no local onde se situava a farmácia de Sun Yat-Sen. O Hoje Macau puxa para manchete a condenação por corrupção eleitoral de apoiantes da candidatura de Cham Meng Kam nas eleições legislativas.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

A imprensa chinesa refere-se ao caso de um jovem de 19 anos detido pelas autoridades por, alegadamente, assediar e molestar rapazes menores. O homem, dizem o Va Kio e o Ou Mun, tinha fetiche por meias brancas e foi detido.

 

Canal chinês da Rádio Macau

O Ou Mun Tin Toi está esta manhã a falar do mesmo caso do rapaz de 19 anos.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

Crime, dizem elas, é a manchete do Ponto Final a propósito de três estudantes do ensino secundário alvo de assédio sexual. Na primeira, surge ainda a descoberta de vestígios de um antigo cais nas escavações da antiga farmácia de Sun Iat-sen. 

 

O Jornal Tribuna de Macau faz destaque com esta história. “Afinal havia um cais”. Diz o jornal que a descoberta muda destino da casa de Sun Yat-Sen. Na edição desta segunda-feira, Ricardo Silva diz em entrevista que a “falta de compreensão do português é um obstáculo nos serviços consulares”.

 

O Hoje Macau escolhe para manchete a condenação de apoiantes do deputado Chan Meng Ka, “Favores em cadeia”, é a manchete do jornal para referir a a condenação por corrupção eleitoral de dois funcionários da candidatura de Chan Meng Kam nas eleições de há dois anos.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Business Daily puxa para as gordas – “Metade, metade”. A manchete refere-se à queda brutal das receitas do jogo do sector VIP e à distribuição quase igual das receitas pelo sector VIP e de massas. O jornal dá conta de um novo acidente fatal de um trabalhador do continente nos estaleiros da fase 5 do Venetian.

 

O Macau Post puxa uma história de polícia para manchete. “Homem com fetiche por meias brancas detido por assediar mais de 30 rapazes”.

 

Já o Daily Times faz manchete com a campanha de detenção de advogados de direitos humanos na China. Na primeira página com a descoberta de um antigo cais nas fundações da histórica farmácia de Sun Yat –Sen.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O China Daily diz em manchete que é cada vez maior o acesso de empresas privadas aos negócios de armas. Também em título – “Xi pede esforços para desenvolver o nordeste”.

 

O Standard apresenta publicidade na primeira página com apenas uma chamada noticiosa no topo da página. “Velho empreiteiro cada vez mais novo”, na página dois.

 

O South China Morning Post destaca em manchete a situação dos advogados defensores de direitos humanos - “Receio pelos advogados depois da confissão de líder de empresa causídica”. Ao lado, outro título – “Ambições da China no Fundo Mometário Internacional reveladas em relatório de um arquivo” de 1944.