Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Raimundo do Rosário defende aumentos nos estacionamentos
Terça, 14/07/2015

Os aumentos das tarifas dos auto-silos públicos são baixos, assim como é baixa a subida do imposto sobre os veículos, defendeu hoje o secretário para os Transportes e Obras Públicas. Raimundo do Rosário esteve na Assembleia Legislativa para uma sessão de interpelações orais dos deputados. O governante desdramatizou a questão dos aumentos e vincou que há já muitos anos que não havia actualizações.

 

“Todos concordam que duas patacas à hora é muito barato. Isto é um ajustamento justo. Temos 38 auto-silos da Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego. Vou dividir em três ou quatro fases para ajustar os custos, mas mesmo assim não chega ao valor actual. São esses custos e o imposto que estão há muito tempo por ajustar”, afirmou.

 

Raimundo do Rosário esclareceu também que não vai haver um cancelamento dos passes mensais nos auto-silos públicos. A medida só é válida para o futuro: “Quem tem os passes mensais vai continuar a tê-los. Não vamos aumentar é  o número de passes, pelo que os novos auto-silos não vão ter passes mensais. Mas quem tem vai continuar a ter”.

 

Em resposta às críticas dos deputados sobre a escassez de lugares de estacionamento, o secretário prometeu reduzir o número de lugares destinados aos veículos dos serviços públicos.

 

Já sobre as constantes obras nas vias públicas, o governante lembrou que, entre Janeiro e Março deste ano, houve uma redução de intervenções em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda assim, prometeu que o Governo vai incentivar as empresas a realizarem as obras em simultâneo.