Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Chan Hong quer criminalização da prostituição
Quinta, 09/07/2015

Chan Hong defendeu hoje que o Governo deve iniciar, o “mais breve possível, um estudo sobre a criminalização da prostituição, encontrando consenso no seio da sociedade, por meio de consultas públicas”.

 

Para a deputada “deve-se aumentar a fiscalização e incentivar os residentes a apresentarem queixa. Com vista a combater a prostituição e a atemorizar os prevaricadores, os serviços competentes podem recolher dados e investigar a prostituição através das informações existentes, nomeadamente, nos jornais, nos panfletos eróticos, na internet e nas aplicações de telemóvel de chat ao vivo”.

 

A deputada lembrou que, este ano, foram detidas 196 mulheres supostamente ligadas à prostituição, destas 195 eram da China.