Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Taça de Macau: Benfica lamenta erros
Domingo, 05/07/2015

O treinador do Benfica de Macau, Bruno Álvares, diz que a derrota na final da Taça de Macau não mancha a época do clube. As águias foram derrotadas pelo Ka I, por 3-2.

 

“Queríamos muito repetir a dobradinha do ano passado e ganhar a Taça pela terceira vez consecutiva. Infelizmente, não conseguimos. Apenas temos de dar os parabéns ao adversário. Não é este jogo ou a falta desta conquista que retira o brio, a satisfação e o orgulho que temos no trabalho realizado até aqui. Vamos ter de, rapidamente, olhar para a frente”, salienta o técnico português, em declarações à Rádio Macau.

 

Na final da Taça de Macau, Bruno Álvares considera que as águias pagaram pelos erros cometidos. “Na primeira parte, o adversário entra a procurar estender o jogo ao máximo, a segurar o empate e procurar um bocadinho aquilo que podia ser a sorte do jogo. Nós não tivemos capacidade de reagir a isso, de jogar com maior velocidade e impor um ritmo maior. Depois, na segunda parte, foram as reacções ao golo e a capacidade das equipas reagirem a esses momentos. Não tivemos capacidade para manter o resultado. No futebol, os erros pagam-se caros e foi isso que aconteceu”, explica o treinador encarnado.

 

O golo da vitória do Ka I foi conseguido por Alison Brito, aos 90 minutos, na sequência de um contra-ataque. Bruno Álvares lembra que a defensiva encarnada até estava bem posicionada, mas os avançados adversários foram mais inteligentes.

 

“O Chris [Christopher Nwarou] teve mérito na desmarcação”, destaca o técnico, sobre o jogador que assistiu Alison Brito, para o 3-2 final.