Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Taça de Macau: Ka I garante presença na final
Quinta, 02/07/2015

O Ka I carimbou a passagem à final da Taça de Macau, depois de vencer, ontem, o Sporting de Macau, por 1-0. A equipa de Josecler vai agora medir forças com o actual detentor do troféu, o Benfica de Macau.

 

“Acho que merecemos porque fizemos por isso”, resume o técnico brasileiro.

 

Josecler nota que o Ka I teve a “felicidade de fazer o golo através de uma grande penalidade”. No entanto, “os jogadores deram o seu melhor”.

 

“Foi um jogo duro, disputado. O Sporting também teve oportunidades. O Ka I, se tivesse aproveitado todas as oportunidades, também podia ter feito o segundo e o terceiro golos. Mas, infelizmente, as coisas não correram dessa maneira”, explica Josecler.

 

O jogo ficou marcado pela arbitragem, muito contestada pelo Sporting. Os leões terminaram a partida com nove jogadores em campo.

 

“Considero a arbitragem horrível. São eles que estragam o espectáculo. O árbitro tem de ter pulso. Na hora de dar um cartão, a A ou B, tem de dar”, argumenta Josecler.

 

Na final da Taça de Macau (domingo, 18h, Estádio de Macau), o Ka I tem quatro baixas confirmadas. Entre os indisponíveis estão o médio Samuel Ramosoeu e o avançado Roni.

 

“Se calhar, vou ter de jogar com um garoto de 16 anos, que não tem um jogo no campeonato. Só tenho onze jogadores [disponíveis] contra o Benfica. Mas estes estão aqui para isso, para jogar futebol, e acredito que vão dar o melhor. O Benfica é uma equipa estruturada, luta pelos objectivos e consegue-os. Nós só temos de tentar dar o melhor”, insiste Josecler.