Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

CCAC investiga 16 terrenos não reavidos
Quinta, 25/06/2015

O Comissariado Contra a Corrupção vai analisar os processos em torno dos 16 terrenos que o Governo alega não ter condições para reaver. O canal chinês da Rádio Macau conta que o Chefe do Executivo já deu luz verde à investigação do CCAC. De visita a Jiangmen, Fernando Chui Sai On acredita, diz a Ou Mun Tin Toi, que a investigação do Comissariado pode assegurar a independência neste caso.

 

Esta semana, o secretário para os Transportes e Obras Públicas revelou na Assembleia Legislativa a lista de 16 terrenos que a Administração não vai reaver. Perante os deputados Comissão para o Acompanhamento de Assuntos de Terras e Concessões Públicas, Raimundo do Rosário revelou que cinco terrenos envolviam projectos de habitação, um de comércio e outro de escritórios. Quatro tinham como finalidade indústria, sendo que outros cinco  eram destinados à construção de hotéis.

 

Entre os terrenos não reavidos, dois situam-se no COTAI. Um deles previa a construção de um parque temático – um investimento dos empresários Chan Chak Mo e Angela Leong - junto ao Macau Dome, no outro está agora a ser concluído o empreendimento Studio City.