Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Governo concede quatro licenças de 4G por oito anos
Terça, 23/06/2015

O Governo emitiu licenças para operar serviços de 4G à Companhia de Telecomunicações de Macau, China Telecom, Smartone e Hutchinson. Os contratos com as operadoras são hoje publicados em Boletim Oficial e têm validade de oito anos.

 

A CTM planeia investir cerca de 260 milhões de patacas na instalação e desenvolvimento da rede, plataforma de serviços, sistemas de suporte de tecnologias da informação, centros de dados e de infra-estruturas. Até 2018, a CTM estima que o investimento total atinja 485 milhões de patacas.

 

Neste primeiro ano, a CTM prevê uma taxa de cobertura de cerca de 95 por cento.

 

A China Telecom planeia investir 126 milhões de patacas na construção da rede de 4G no primeiro ano, incluindo a construção da rede sem fios, da rede nuclear e do sistema de suporte. A China Telecom antecipa que o investimento total atinja 345 milhões de patacas entre os anos 2016 e 2018.

 

Este ano, prevê-se que se satisfaça mais de 50 por cento da taxa da cobertura após a construção da rede. Em 2016, a rede cobrirá toda a cidade.

 

A Smartone vai investir cerca de 25 milhões de patacas este ano na rede de 4G. Entre 2016 e 2018 o investimento será de 60 milhões de patacas.

 

Quanto à Hutchinson, estima um investimento global acumulado, entre 2015 e 2018, de cerca de 239 milhões de patacas. Este ano, a empresa espera uma cobertura de 50 por cento, que deverá ser total no próximo ano. Em 2015 vai investir 91 milhões de patacas.