Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Obras Públicas: GDI não é prioridade na reorganização
Terça, 16/06/2015

O secretário para os Transportes e Obras Públicas afirmou hoje que o Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruras (GDI) “não é prioritário” nos trabalhos de reorganização da tutela. Raimundo do Rosário reagiu assim à decisão do Chefe do Executivo, publicada na semana passada em Boletim Oficial, de prolongar por mais dois anos o período de vida deste gabinete.

 

Este ano, alvo da reestruturação são apenas os Serviços de regulação de Telecomunicações, o Conselho de Ciência e Tecnologia e a Comissão de Segurança dos Combustíveis, disse Raimundo do Rosário. “É muito simples, se foi renovado por mais dois anos, é por sentimos a necessidade de renovar. Neste ano, damos um primeiro passo na reestruturação de serviços e foi entendido que o GDI não faria parte dessa primeira parte, porque não é prioritário (...) depois de encerrarmos esta primeira fase, iniciaremos, certamente, uma segunda fase”, acrescentou.