Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

PME suspendem contratação de trabalhadores
Terça, 16/06/2015

As pequenas e médias empresas (PME) estão a parar de contratar trabalhadores. Em causa está o receio de não conseguirem pagar os salários, numa altura em que o volume de negócios baixou.

 

Em declarações ao Jornal Tribuna de Macau, o vice-presidente da Associação das Pequenas e Médias Empresas de Macau, Daniel Iong, diz que as quebras das receitas do jogo estão a fazer com que o volume de negócios desça. De acordo com o responsável, o comércio relacionado com o sector de turismo é o mais afectado. Já os negócios que têm como público-alvo os residentes estão a ser menos prejudicados.

 

Daniel Iong explica que a queda nas vendas deve ser de “dez a 20 por cento”, no segundo trimestre do ano e em comparação com o mesmo período de 2014. No entanto, o vice-presidente da associação das PME nota que empresários até pretendem contratar mais funcionários. O entrave está na indefinição sobre o futuro do sector.

 

De acordo com os últimos dados oficiais, o volume de negócios do comércio a retalho caiu 11 por cento, para 16,41 mil milhões de patacas, no primeiro trimestre do ano e em relação ao período homologo de 2014. Os Serviços de Estatística e Censos registaram decréscimos “significativos” no volume de negócios de relógios, joalharia e artigos de couro.