Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Tabaco: Deputados divididos em relação a proibição total
Segunda, 15/06/2015

É cada vez mais clara a divisão, na Assembleia Legislativa, em relação às intenções do Governo para a revisão da lei de controlo do tabagismo. O Executivo ainda não apresentou uma proposta, mas o secretário Alexis Tam já avisou que o objectivo é acabar com o fumo dentro dos casinos. A ideia não agrada a vários deputados, que têm aproveitado o período de antes da ordem do dia para dizerem o que pensam sobre o assunto.

 

Desta vez, foi Zheng Anting que se manifestou: o deputado esclarece que não fuma e é a favor da eliminação total do tabaco, mas considera que a fase que Macau vive em termos económicos não se presta a alterações tão radicais. “Segundo as previsões dos sectores profissionais, se for agora implementada a proibição total do fumo nos casinos, especialmente nas salas VIP, vai haver nova perda de clientes e as receitas mensais do jogo vão sofrer outra vez uma perda de três mil milhões de patacas”, avisa Zheng Anting, contrariando as previsões de Alexis Tam. Com base em estudos feitos pela Universidade de Macau, o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura afirmou, há algumas semanas, que as consequências da proibição total do fumo não seriam significativas.

 

O deputado cita os estudos encomendados pelo Governo para dizer que 90 por cento dos trabalhadores concordam com a existência de salas de fumo nas operadoras, sendo que as pesquisas feitas pelo sector vão no mesmo sentido: “Noventa e nove por cento dos inquiridos concordaram com a criação de salas de fumadores nos casinos e entendem que esta é a melhor maneira de resolver o problema. Também acho que pode equilibrar as necessidades e interesses das partes”.

 

Zheng Anting pede ao Governo que reveja a política de proibição do tabagismo e o calendário para a aplicação de novas restrições – uma mensagem que tem sido deixada por outros deputados ligados ao sector empresarial.

 

Também Ella Lei fez um pedido ao Executivo, mas em sentido oposto. “Exorto mais uma vez a Administração a honrar a sua promessa de revisão do regime de prevenção e controlo do tabagismo, concretizando a proibição total nos casinos, colmatando as lacunas da actual lei”, declarou.

 

Os planos anunciados pelo Governo em relação ao controlo do tabagismo foram um dos temas abordados esta tarde na Assembleia Legislativa, durante uma sessão em que muitos deputados usaram da palavra, para falarem de assuntos tão diversos quanto as obras nas vias públicas, a reciclagem, o turismo e o ensino, entre outros.