Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Sexta-feira)
Sexta, 12/06/2015

O projecto de lei sobre o arrendamento, que vai juntar Pereira Coutinho e Chan Meng Kam, é o grande tema da imprensa local em língua portuguesa. A condenação do antigo responsável da segurança da China, Zhou Yongkang, preenche as primeiras páginas dos jornais de Hong Kong.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun coloca em evidência que o salário mínimo para os trabalhadores de limpeza e segurança no sector privado entra em vigor no próximo ano. O diário também dá os pormenores de um acidente, entre dois táxis, perto da Ponte Governador Nobre de Carvalho. Três pessoas ficaram feridas.

 

O Va Kio nota que a versão alternativa da proposta de lei do salário mínimo para os trabalhadores de limpeza e segurança foi concluída. Quanto a uma medida idêntica para todos os sectores profissionais, os planos do Governo têm como horizonte uma data daqui a “três anos”. O jornal destaca ainda que o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong, afirmou ontem que não recebeu nenhum pedido de abertura de casino em Coloane.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

O canal chinês da Rádio Macau avança que a ligação entre a Estrada da Bela Vista e a Avenida de Venceslau de Morais entra em funcionamento hoje. Outros temas da manhã informativa estão centrados na detenção de uma pessoa por excesso de permanência em Macau e uma explosão em Liaoning, que provocou dez feridos.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Hoje Macau titula “união de facto”, para dar conta de que José Pereira Coutinho retirou da Assembleia o projecto de lei sobre o arrendamento para se associar a Chan Meng Kam, que vai apresentar uma proposta similar. O jornal publica ainda uma entrevista a Viriato Soromenho-Marques. “O tratado orçamental devia ser abolido”, defende o professor universitário.

 

O Jornal Tribuna de Macau escreve que “nove deputados unem-se por lei do arrendamento”. O projecto vai incluir “normas para reforçar o controlo das pensões ilegais e um tecto máximo para aumento das rendas”. Francisco Moita Flores está também na primeira página do jornal. “Falar português é arma extraordinária no encontro entre povos”, nota o criminologista e escritor.

 

O Ponto Final fala em “recuo estratégico”. Pereira Coutinho retirou o projecto de lei que impunha limites à subida das rendas e decidiu apoiar uma iniciativa similar, que conta com o apoio de “vários deputados”. A estreia de Macau no Campeonato do Mundo de Hóquei em Linha, na próxima semana, está em destaque na edição desta sexta-feira. A modalidade tem conhecido uma “grande expansão no território”, ao contrário do que sucede com o hóquei em patins.

 

O Clarim puxa para tema principal o papa Francisco que recebeu Putin, no Vaticano. O semanário católico publica uma entrevista ao jurista Nuno de Lima Bastos, que “não esperava a total substituição do Executivo” local.

 

O Plataforma ouviu o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal. João Machado revela algum cepticismo em relação aos negócios na China: “Há dez anos, as promessas de aumento das exportações para o mercado chinês eram de tal maneira grandes que havia muita gente disponível para ir à China fazer contactos e tudo isso. Hoje há um desencanto, porque é demasiado burocrático, custa demasiado dinheiro e, finalmente, o negócio não é tão bom nem tão grande como se pensava”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily ouviu um especialista que diz que Macau pode funcionar como um “centro” do mercado de arte. O jornal financeiro dá ainda conta de que o controlo das rendas está cada vez “mais perto”.

 

O Macau Daily Times faz manchete com a mesma notícia. Chan Meng Kam “mobiliza” Assembleia para que apoie projecto de lei sobre o controlo das rendas. O jornal coloca ainda na primeira página o antigo chefe da segurança da China, Zhou Yongkang, condenado a prisão perpétua por corrupção.

 

O Macau Post Daily destaca que Lionel Leong garantiu ontem que o Governo “não recebeu” qualquer pedido de construção de casinos em Coloane. No entanto, não há legislação que impeça essa possibilidade. O jornal aborda ainda a detenção de dois homens, por suspeitas de lavagem de dinheiro.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O China Daily aborda a condenação de Zhou Yongkang a prisão perpétua. O antigo responsável da segurança interna da China recebeu subornos de 130 milhões de yuan. O jornal oficial chinês tem como destaque fotográfico o encontro entre o presidente Xi Jinping e a líder da oposição do Myanmar, Aung San Suu Kyi.

 

O South China Morning Post também destaca a condenação de Zhou Yongkang. A visita de Suu Kyi à China é outro grande tema da edição do diário. “Xi pede ajuda para remendar as relações  desgastadas” entre Pequim e o Myanmar.

 

O Standard dá os contornos do caso Zhou Yongkang. O jornal também salienta que o antigo homem forte da segurança da China aceitou subornos no valor de 130 milhões de yuan.