Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Daiwa Securities: China vai limitar viagens a Macau
Terça, 09/06/2015

Os turistas da China Continental vão estar limitados a três viagens a cada dois meses, a partir de 1 de Julho, avança o Daiwa Securities. O banco de investimento japonês não explica se a medida vai ser aplicada a ambos os esquemas em vigor: os vistos individuais e as viagens em grupo. Numa nota citada pelo site GGR Asia, o banco de investimento japonês faz referência apenas a “detentores de vistos”.

 

Os dados mais recentes apontam para uma queda anual de 3,4 por cento no número de turistas oriundos da China. Abril foi o segundo mês consecutivo a registar uma descida num grupo importante para o turismo e para o jogo – os visitantes do Continente representaram quase 67 por cento do total de turistas nos primeiros quatro meses deste ano.

 

O Daiwa Securities salienta que as más notícias para o sector do jogo não ficam por aqui e faz referência a uma situação denunciada pela associação Forefront of Macao Gaming: dois dos principais promotores de jogo preparam-se para fechar salas VIP e despedir trabalhadores. O David Group deverá fechar duas salas este mês, depois de já ter encerrado outras três este ano. Também o grupo Neptuno se está a preparar para tomar medidas semelhantes. Ao todo, 400 trabalhadores deverão ficar sem emprego.

 

Contactado pela Rádio Macau, o Gabinete do secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, disse que "não há qualquer tipo de fundamento que sustente estas informações".