Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

MERS: Tong Ka Io aponta falhas na prevenção
Terça, 09/06/2015

O presidente da Associação de Políticas de Saúde de Macau e antigo director do Centro de Prevenção e Controlo da Doença dos Serviços de Saúde, Tong Ka Io, diz que as autoridades locais não estão a atribuir a devida importância à Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS, na sigla inglesa). Em entrevista ao Jornal Tribuna de Macau, o responsável denuncia que nos hospitais há diversas áreas que estão “cheias de doentes”, como as urgências.

 

Tong Ka Io lembra o caso da Coreia do Sul, onde a transmissão foi “tão fácil” porque várias pessoas “contraíram a doença só por estarem no mesmo hospital”. O último balanço oficial no país, feito esta manhã, dá conta de sete mortos e 95 pessoas infectadas.

 

Tong Ka Io considera ainda que “não há muita comunicação entre os profissionais” nos Serviços de Saúde. Este aspecto, defende o presidente da presidente da Associação de Políticas de Saúde de Macau, deveria “ser melhorado”.

 

Perante “alguns rumores”, que por vezes podem surgir nestes casos de doenças, aumenta também a necessidade de os Serviços de Saúde terem uma melhor comunicação com a população, aponta Tong Ka Io. Mas isso não acontece porque o organismo “não dá informações suficientes”, vinca.