Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Macau falha objectivo da UNESCO na literacia para adultos
Quarta, 03/06/2015

Macau não conseguiu alcançar a meta traçada pelo programa “Educação Para Todos” da UNESCO. A iniciativa previa uma diminuição de 50 por cento dos casos de iliteracia nos adultos, entre 2000 e 2015.

 

De acordo com o Jornal Tribuna de Macau (JTM), a iliteracia entre as mulheres diminui 15 por cento. Já nos homens a descida foi de 25 por cento.

 

Em entrevista ao JTM, Agnes Lam diz que o maior problema encontra-se entre os idosos devido à falta de programas de educação. A académica da Universidade de Macau nota a necessidade de o Governo investir em parcerias com associações nesta área porque são vários os casos de idosos analfabetos. Além disso, lembra que não existe formação básica para as competências de leitura e escrita na Academia do Cidadão Sénior do Instituto Politécnico de Macau.

 

A iniciativa “Educação Para Todos da UNESCO” também se debruçou sobre o ensino pré-escolar. Em 2012, Macau era uma das regiões com maior taxa de inclusão na educação pré-primária. O valor rondava os 92 por cento e representava uma ligeira melhoria face aos números de 2000. Na altura, era de cerca de 90 por cento.