Em destaque

20 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2173 patacas e 1.1350 dólares norte-americanos.

Sin Fong: CCAC arquiva queixa da Novo Macau
Segunda, 01/06/2015

Não há provas de que dirigentes governamentais tenham prometido não acusar os proprietários do Sin Fong Garden, detidos pela prática do crime de desobediência qualificada. É o que diz o Comissariado contra a Corrupção, após uma investigação desencadeada por uma denúncia da Associação Novo Macau.

 

O CCAC decidiu arquivar o processo depois de concluir que a denúncia relativa à alegada interferência na independência judicial não está fundamentada. Em comunicado, o comissariado explica que, no decorrer da investigação, tanto os representantes da Comissão de Condóminos do Sin Fong Garden, como os sete proprietários acusados de desobediência por terem ocupado a via pública disseram desconhecer qualquer promessa por parte de dirigentes governamentais. A mesma garantia foi dada pelos representantes do Governo.

 

Face à situação, o CCAC classifica de irracional a afirmação da Novo Macau de que “os dirigentes governamentais terão exigido a desocupação da via pública por parte dos proprietários, garantindo em troca que os mesmos não iriam ser acusados”.