Em destaque

21 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2742 patacas e 1.1424 dólares norte-americanos.

Fundo sino-lusófono sem novos projectos aprovados
Terça, 31/03/2015

O fundo anunciado no âmbito do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau) só apoiou dois projectos. Ou seja, o número mantém-se inalterado desde o final do ano passado.

 

O secretário-geral do Fórum, Chang Hexi, diz que a culpa é da falta de informação que os países e os empresários têm na hora de submeter as candidaturas. “É preciso preencher os requisitos que já foram definidos pela equipa deste fundo cooperação. Temos de ver vários aspectos do projecto, quando está a requerer o fundo. Alguns revelam faltas de informações e não são muito adequados ao objectivo [...] que tem de ser mais comercial. Tem de ter lucro”, explicou o responsável.

 

As declarações de Chang Hexi foram feitas à margem de uma reunião do Fórum Macau, em que foi apresentado o plano de actividades para 2015. Este ano, vão ser organizados seis colóquios no território. A formação de quadros bilingues continua também na agenda, revelou o secretário-geral da estrutura multilateral que junta a China a sete estados lusófonos.