Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

LAG: Ng Kuok Cheong não vai “impedir” órgãos municipais
Segunda, 23/03/2015

O deputado Ng Kuok Cheong critica o facto de nas Linhas de Acção Governativa, hoje apresentadas, não haver menção ao regime de responsabilização para os altos cargos, embora sublinhe que o Chefe do Executivo deixou aberta a possibilidade de criar órgãos municipais. Para o deputado seria positivo ainda, este ano, haver novidades. Embora estes órgãos municipais não tenham poder político, Ng Kuok Cheong sublinha a capacidade de supervisão.

 

“Não penso impedir os órgãos municipais que vão ter representantes eleitos directamente por diferentes áreas em Macau. É verdade que estes órgãos não têm poder político mas podem supervisionar as muitas construções locais e a gestão local. Também de acordo com a Lei Básica de Macau os membros deste órgão têm de estar na comissão de eleição para o Chefe do Executivo, mesmo que não sejam políticos”, afirma o deputado, para quem dividir Macau em cinco zonas, tal como no passado, seria razoável. 

 

Esta tarde, Fernando Chui Sai On referiu que está a terminar a concessão de 22 terrenos e que em breve mais detalhes vão ser divulgados. Mas Ng Kuok Cheong quer saber qual o destino a dar a estes terrenos, defendendo que fossem utilizados para a construção de habitação económico.

 

“Ele [Fernando Chui Sai On ] assegura que a curto prazo caducam as concessões de 22 terrenos e isso vai ser revelado. Mas o que significa a curto prazo: um ano, dois anos, ou este mês? Ele vai revelar essa informação? É que é muito importante saber porque entre os 22 terrenos, em alguns deles podem ser construídas muitas casas económicas. Talvez num terreno apenas podem ser construídas mais de 20 mil unidades. Vamos lhe perguntar quando vai divulgar essas informações, se os terrenos vão ser recuperados e se vão ser destinados para a população de Macau”, revela Ng Kuok Cheong.