Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

LAG: Mais acção para a cultura, diz Manuel Correia da Silva
Segunda, 23/03/2015

Chegou a hora de se passar à acção no que diz respeito à cultura, defende o designer Manuel Correia da Silva. No exercício de perspectiva para as Linhas de Acção Governativa para este ano, o designer considera que já está feito o trabalho de estudo, sendo que agora é necessária uma nova abordagem do Executivo.

 

“Houve tempo suficiente para fazer uma avaliação daquilo que é a realidade das bases, das empresas, das associações e dos agentes culturais de Macau, e com esse conhecimento, poder-se agora trabalhar de maneira mais íntima, mas também mais concreta para se começarem a construir resultados. Essa será a nossa expectativa – sentir que vai haver mais acção, mas também uma acção mais conjunta com quem realmente está no terreno, mais das bases para cima do que aquilo que tem sido até agora, que tem sido mais de cima para baixo”, diz.

 

Manuel Correia da Silva sugere ainda medidas concretas para dar mais visibilidade no estrangeiro à cultura de Macau. “Devíamos começar a trabalhar e a pensar numa acção exterior daquilo que se passa aqui para se poder promover a ideia de que Macau é uma plataforma, mas exposta lá fora, não só para que aconteçam as coisas cá dentro, mas também para que seja uma plataforma para o exterior – tanto daquilo que é feito cá, como do que se passa dos dois lados da plataforma”, vinca.