Em destaque

22 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2311 patacas e 1.1378 dólares norte-americanos.

Judiciária investiga morte de mulher no São Januário
Terça, 10/03/2015

A Polícia Judiciária abriu uma investigação à morte de uma mulher de 78 anos de idade no Centro Hospitalar Conde de São Januário. O inquérito segue-se a uma queixa apresentada pela família da mulher, e é o segundo sobre uma morte no hospital público em menos de 15 dias, depois do caso do bebé de cinco meses de idade.

 

A investigação revelada hoje foi confirmada à Rádio pela Polícia Judiciária e pelos Serviços de Saúde, que dizem aguardar as conclusões da investigação.

 

Segundo as explicações dos Serviços de Saúde, em comunicado, a mulher morreu esta segunda-feira, dia 9 de Março, pouco depois de ter sido considerado que recebesse alta.

 

A mulher foi internada na sexta-feira com um “ligeiro acidente vascular cerebral” e ficou no hospital até ontem.

 

Segundo os Serviços de Saúde, às 17h00 desta segunda-feira, o estado clínico da mulher era estável, mas piorou “subitamente” 13 minutos depois, tendo o aparelho de monitorização cardíaca revelado que o ritmo cardíaco era baixo. Foram feitas manobras de reanimação durante uma hora, mas a mulher acabou por falecer.

 

O comunicado refere, ainda, que “face à morte súbita” os Serviços de Saúde e o Centro Hospitalar Conde de São Januário “manifestam à família, de forma sincera, as suas condolências”, e que a Polícia Judiciária “terá toda a colaboração” por parte do hospital.