Em destaque

21 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2742 patacas e 1.1424 dólares norte-americanos.

Dia da Mulher: Agnes Lam aponta visão muito tradicional
Domingo, 08/03/2015

A mulher em Macau está protegida por lei, mas ainda se pode fazer mais, entende Agnes Lam. Para a académica, entre as mulheres locais ainda reina muito a ideia de que a liderança cabe aos homens.

 

“Tenho desenvolvido estudos sobre mulheres e o que concluímos é que ainda temos, em média, 20 a 30 por cento das mulheres a pensar que os homens devem liderar o mundo, devem ser políticos, e ocupar cargos mais elevados do que as mulheres. Penso que não é bom sinal. As mulheres devem ganhar poder e ter outros valores”, defende.

 

Agnes Lam considera que é preciso uma aposta na educação, por forma a “aumentar o entendimento das mulheres sobre o futuro e também das suas capacidades”. Neste momento, a académica e antiga candidata a deputada está a realizar uma pesquisa sobre “políticas de família”, olhando sobretudo para as mulheres que trabalham nos casinos e como isso pode afectar a situação familiar.