Em destaque

22 de Janeiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2217 patacas e 1.1363 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 05/03/2015

A violência doméstica, o relatório sobre a capacidade turística de Macau e a reunião, em Pequim, da Assembleia Popular Nacional são temas em foco hoje na imprensa de Macau.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O jornal Ou Mun nota que Zhang Dejiang, presidente do Comité Permanente da Assembleia Popular Nacional, defende o desenvolvimento da legalidade entre Hong Kong e Macau, para enfrentar conjuntamente os desafios.

 

O Va Kio destaca as declarações de Fernando Chui Sai On sobre a economia, ontem, à partida para Pequim. O diário adianta que o Chefe do Executivo revê as expectativas sobre a situação da economia.

 

Canal Chinês da Rádio Macau

A manhã informativa da Rádio Macau em língua chinesa é dominada pela abertura da reunião da Assembleia Popular Nacional. Esta manhã, o primeiro-ministro, Li Keqiang, estimou que a economia chinesa cresça, este ano, sete por cento, e antevê que os desafios económicos vão ser maiores este ano. 

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

“Histórias de papelão” titula o Hoje Macau. O proprietário do apartamento, em Seac Pai Van, que tem uma parede com sacos de papel ainda não deu a cara. No topo da página lê-se “limitação de turistas: Não há duas sem três. Será que é de vez?”

 

O Ponto Final conta “Delegados [da Assembleia Popular Nacional] propõem fronteiras simplificadas”. Sobre a violência doméstica, avança o diário, “Governo admite recuar na proposta de crime público”.

 

A violência doméstica é o tema central do Jornal Tribuna de Macau: “Lei anti-violência doméstica com diagnóstico reservado”. Para destaque fotográfico o jornal puxa as “Inovações portuguesas no ‘coração” da cidade’”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Daily Times nota que vai ser enviado a Pequim um “relatório sobre a capacidade turística” de Macau. Na fotografia de capa está hoje Guilherme Ung Vai Meng: o presidente do Instituto Cultural é “elogiado quando se prepara para mais um mandato de três anos”.

 

O Business Daily fala da indústria das convenções e exposições, que continua a ser suportada por subsídios do Governo. Em foco também Fernando Chui Sai On: o Chefe do Executivo diz que vai ajustar as políticas económicas e os objectivos face à actual situação do Jogo.

 

As declarações de Fernando Chui Sai On são o tema da manchete do Macau Post Daily. O matutino escreve “Chefe do Executivo ‘cautelosamente optimista’ quanto à economia”. Em foco ainda o testamento de Alfred Nobel que “vai ser mostrado pela primeira vez”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

O South China Morning Post foca-se na investigação ao general Xing Yunming, líder da secreta chinesa, por suspeita de corrupção. O jornal avança também que, em 2015, o orçamento para a defesa na China sobe cerca de dez por cento.

 

A primeira do China Daily é hoje dedicada aos apelos do presidente chinês, Xi Jinging, para vigiar separatistas taiwaneses. O jornal puxa ainda as declarações de Zhang Dejiang, do Comité Permanente da Assembleia Popular Nacional, que defende a salvaguarda da Lei Básica.

 

O Standard dá conta da emissão de uma nota de 150 dólares de Hong Kong, por ocasião dos 150 anos do Hong Kong and Shangai Bank, e o interesse especulativo que está a despertar.