Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Revista de imprensa de Macau e Hong Kong (Quinta-feira)
Quinta, 12/02/2015

Táxis, autocarros e o festival Rota das Letras – são estes alguns dos temas em foco nos jornais que se publicam hoje em Macau. Em Hong Kong, destaque para o anúncio da visita de Xi Jinping aos Estados Unidos.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Ou Mun dá destaque às declarações do secretário para os Transportes e Obras Públicas. Raimundo do Rosário explicou ontem que o processo de negociação para a celebração de um novo contrato com a TCM está a correr bem, mas com a Transmac o Governo ainda não chegou a acordo. Os novos contratos vêm substituir os actuais, depois de em 2013 o Comissariado contra a Corrupção ter apontado irregularidades no tipo de vínculo entre a Administração e as operadoras.

 

Raimundo do Rosário também está em foco no Va Kio, que opta, no entanto, por dar conta das intenções do Governo em relação aos táxis: vai ser lançado no primeiro semestre deste ano um concurso público para a atribuição de mais de cem licenças para um novo serviço de radiotáxis.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

A Ou Mun Tin Toi tem estado a dar destaque ao anúncio feito hoje pela Direcção dos Serviços de Economia, que decidiu recuperar o regime de licença de importação de gás a partir da próxima segunda-feira. Na manhã informativa da emissora, em foco também Chan Meng Kam, convidado de hoje do Fórum Macau. O deputado defende um aumento da transparência do Governo e pede que seja feita a avaliação de resultados do desempenho da Administração.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

“Redes asiáticas de prostituição ‘atacam’ em Macau”, escreve o Jornal Tribuna de Macau na manchete. No destaque com fotografia, o empresário que detém a Doca dos Pescadores: “David Chow quer investidores locais no ‘bolo’ do jogo”.

 

O Hoje Macau dedica a manchete ao anúncio feito ontem pelo secretário para os Transportes e Obras Públicas: explica o jornal que as licenças especiais de táxis estão de volta, para o título “Regresso à estrada”. Noutro destaque, o festival Rota das Letras: “Uma viagem à volta da literatura infantil”.

 

O Rota das Letras também está em foco na capa do Ponto Final: “Ondjaki e Wang Anyi em cabeça de cartaz”. A manchete é feita, no entanto, com o ensino superior: “MUST foi a mais apoiada entre as universidades privadas em 2014”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

O Business Daily tem como tema principal da edição desta quinta-feira a inauguração do novo Hotel da Macau Legend: o Harbourview representa um investimento de 180 milhões de dólares americanos. “Autocarros e táxis a andar”, escreve ainda o jornal económico a propósito das novas licenças para táxis e das negociações com as operadoras de autocarros.

 

O Macau Daily Times conta que “o concurso público para o serviço de rádio-táxis abre na primeira metade de 2015”. Também em foco o aeroporto de Incheon, na Coreia do Sul, “um isco para chineses com resort ao estilo de Singapura”.

 

“Governo promete concurso para ‘licenças especiais’ de táxis na primeira metade do ano”, escreve o Macau Post Daily nas parangonas. O jornal explica ainda na primeira página que o “Sporting corta relações com Benfica”.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O China Daily dá grande destaque ao facto de as empresas chinesas que constroem comboios de alta velocidade estarem a pensar numa maior expansão no que toca a mercados estrangeiros. Na capa, referência também ao facto de estar confirmada a visita de Estado de Xi Jinping aos Estados Unidos.

 

O Standard tem apenas um tema na primeira página. Trata-se de uma notícia acerca de um processo judicial insólito: um mestre de feng-shui é acusado de ter ficado com mais de 10 milhões de dólares de Hong Kong de uma discípula que vem agora dizer que o indivíduo se aproveitou da sua superstição e paranóia.

 

Terminamos esta revista de imprensa com o South China Morning Post, que escreve nas gordas “Expectativas modestas para encontro entre Xi Jinping e Barack Obama”. Na actualidade de Hong Kong, o tema em destaque na capa é o julgamento do acidente com o ferry em Lamma – o juri entrou hoje no segundo dia de deliberação.