Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

USJ: Projecto para reconstrução de escola nas Filipinas
Sábado, 31/01/2015

Decorre este fim-de-semana na Universidade de São José (USJ) um workshop de arquitectura sobre a reconstrução de escolas destruídas por tragédias naturais. O workshop não tem apenas como objectivo desenvolver exercícios. Dos dois dias de trabalho vai resultar um projecto concreto para uma escola nas Filipinas destruída pelo tufão Haiyan, em 2013.

 

O projecto surgiu depois de um grupo de pessoas de Macau ter decidido apoiar as zonas mais afectadas pela tempestade. “A Architectes Sans Frontières e um grupo de pessoas ligadas à Igreja de Macau decidiram juntar-se para, de alguma forma, intervirem na realidade das Filipinas, tentarem reabilitar e recuperar os estragos causados. Pensou-se que o ideal seria começar por uma escola, pela importância que tem na sociedade e nas camadas mais jovens da população”, explica Diogo Teixeira, professor de Arquitectura da Universidade de São José (USJ).

 

O docente conta que foi feito um levantamento de várias escolas com grandes necessidades, sendo que foram identificadas sete – uma delas vai ser objecto do projecto-piloto que acontece este fim-de-semana. Na primeira parte do workshop é feito um enquadramento teórico, com especialistas da área da educação e arquitectura. Entre os oradores, Diogo Teixeira destaca Robert Wong, que vem de Hong Kong. O arquitecto pertence a uma fundação que já vez intervenções do género no Camboja, Laos e Nepal.

 

O resto do workshop é dedicado à concepção do projecto. O Governo das Filipinas forneceu uma ideia base, que precisa de ser enriquecida. “O que iremos fazer é tentar desenvolver soluções que melhorem a vivência, o conforto, o ambiente de aprendizagem desses espaços”, refere o professor. “[O projecto] tem que ver muito com a estratégia do curso de Arquitectura da USJ, que é apostar em exercícios que estejam ligados à realidade, que não sejam puramente académicos. Neste caso, há a fase de concepção que vai acontecer este fim-de-semana, mas depois, em Abril ou Maio, haverá a construção efectiva dessa escola nas Filipinas e alguns participantes deste workshop estarão envolvidos no acompanhamento da obra.”

 

O “Design Bootcamp” – assim se chama o workshop – não é só para os alunos da USJ – a universidade abre as portas a jovens arquitectos e também a estudantes do ensino secundário com vocação para áreas criativas.