Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Brasileira acusada de tráfico humano
Segunda, 26/01/2015

A Polícia Judiciária deteve uma mulher brasileira, de 28 anos, suspeita do crime de tráfico humano.

 

De acordo com o que a Rádio Macau apurou junto da PJ, trata-se de um caso denunciado por outra mulher, igualmente brasileira, também na casa dos 20 anos, que veio para Macau no passado dia 20 de Janeiro.

 

Segundo a PJ, a vítima foi convencida a vir para Macau trabalhar num bar, mas quando chegou ao território descobriu que o plano de quem a trouxe era que actuasse como prostituta num casino.

 

A jovem recusou-se e foi ameaçada de morte caso não devolvesse o dinheiro da viagem e do alojamento, mas conseguiu avisar a PJ por telefone.

 

O caso continua sob investigação.

 

No mais recente relatório do Departamento de Estado norte-americano sob o tráfico humano, de Junho do ano passado, afirma-se que Macau continua a ser “um destino preferencial para vítimas de tráfico sujeitas a tráfico sexual e trabalhos forçados”. Lê-se também que as autoridades não cumprem os padrões mínimos para acabar com este tipo de crimes.

 

Em 2013, foram investigados 34 casos relacionados com tráfico para fins de exploração sexual – mais do dobro do que os 15 de 2012.