Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

AMCM: Economia vai crescer a um dígito baixo em 2015
Sábado, 24/01/2015

A economia de Macau vai continuar a crescer este ano mas a um ritmo mais lento face a 2014, segundo as previsões da Autoridade Monetária de Macau (AMCM). O organismo liderado por Anselmo Teng antevê um crescimento a um dígito baixo, devido às incertezas no sector do turismo, em especial no jogo. Mas o sector privado da construção e os equipamentos turísticos vão ajudar a economia, entende a AMCM.  

 

Em 2015, a inflação vai rondar os cinco por cento, abaixo dos 6,05 por cento do ano passado. Já a taxa de desemprego vai manter-se também abaixo dos dois por cento.

 

O número de turistas vai continuar em alta, o que vai ao encontro das estimativas dos Serviços de Turismo que antevêem um aumento de cinco por cento. Aliás os turistas, diz a AMCM, são a base da economia local.

 

Quanto ao jogo, considera-se positiva a redução da diferença entre as receitas dos sectores de massas e VIP. Com a Autoridade Monetária a admitir a possibilidade das receitas do mercado de massas superar o VIP, sem, no entanto, avançar quando isso pode acontecer.

 

Nota positiva igualmente para os novos empreendimentos a abrir no Cotai. A Autoridade Monetária sublinha a aposta em elementos não relacionados com o jogo, contribuindo para que a economia local dependa menos dos casinos.