Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

CCAC investiga alegado abuso de poder no Instituto Cultural
Quinta, 31/03/2011


O Comissariado contra a Corrupção – CCAC – investigou um caso suspeito de abuso de poder por parte de uma chefia do Instituto Cultural. Em causa a alegada adjudicação de um contrato de prestação de serviços de manutenção a um familiar. O caso foi hoje, quinta-feira, encaminhado para o Ministério Público.

De acordo com o comunicado do CCAC, e face às investigações, “a chefia envolvida, no sentido de adjudicar um contrato de prestação de serviços de manutenção do Instituto Cultural a um seu familiar, terá dolosamente disponibilizado dados constantes das propostas de candidatura de outros concorrentes”. Lê-se, ainda, no comunicado, que “a chefia em causa terá repetidamente violado as normas do regime de impedimentos, participando várias vezes em processos de adjudicação de contratos concedidos a seus familiares”.