Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Exame: SSM entram em contacto com 563 mulheres grávidas
Sábado, 17/01/2015

Os Serviços de Saúde de Macau (SSM) entraram em contacto com 563 mulheres grávidas que não conseguiram marcar, na altura devida, o rastreio da Síndrome de Down. Num comunicado, os serviços liderados por Lei Chin Ion explicam que disponibilizaram uma linha verde para assegurar que todas as grávidas que recorrem aos SSM são submetidas aos testes em causa e para que as mulheres que não conseguiram marcar uma data dentro do período adequado o possam fazer o mais rapidamente possível.

 

Quase uma centena de grávidas recorreu a esta linha verde no espaço de dez dias, sendo que 57 destas mulheres já têm data para fazerem os exames, garantem os SSM. Mas há oito grávidas que já ultrapassaram o período em que os testes devem ser feitos.

 

Há ainda casos em que os testes foram realizados em instituições privadas. Os Serviços de Saúde dizem que, a partir de agora, estes casos vão ser acompanhados e que vão também ser analisadas as situações em que foram realizadas despesas com exames em instituições hospitalares externas.