Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 24/11/2014

A Ou Mun Tin Toi destaca, esta manhã, as novas tarifas do serviço de táxis que entram em vigor a 14 de Dezembro. Na imprensa de Macau, além das novas regras para os taxistas, um dos temas em comum é Manny Pacquiao que, ontem, ganhou mais um combate de boxe em Macau. Os jornais de Hong Kong puxam para grande destaque o Occupy Central: uma sondagem e as divisões entre os lideres do movimento.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

O Ou Mun dá destaque ao serviço de táxis. O director dos Serviços para os Assuntos de Tráfego, de partida para Singapura, para uma visita, afirmou que ainda este ano deve estar concluída a revisão das regras que regulam o serviço de táxis.

 

O Va Kio puxa também a primeira página o serviço de táxis e as medidas para monitorizar este serviço. Wong Wan, em declarações aos jornalistas, não especificou como vai ser feita a fiscalização.

 

Canal Chinês da Rádio Macau

O canal da Rádio Macau em língua chinesa está a dar destaque ao despacho publicado hoje em Boletim Oficial sobre o aumento do valor da bandeirada nos táxis. As novas regras entram em vigor a 14 de Dezembro.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

“As malhas do destino” titula o Hoje Macau a propósito do sector têxtil de Macau. O jornal adianta que depois de uma década de ouro, nos anos 80, o sector “tem vindo progressivamente a definhar, encontrando-se actualmente à beira do fim”. Outro destaque vai para uma petição da Associação Geral de Passageiros de Táxi para um melhor serviço de táxis que já conta com 2.300 assinaturas.

 

O Ponto Final escreve “Agências esperam intervenção sobre venda de casas em Zhuhai”. O sector, acrescenta o jornal, defende que cabe ao Instituto de Habitação proibir pré-vendas sem garantia por agências de Macau. Noutro destaque de primeira página lê-se “Abertura 24 horas [das fronteiras] ‘pode ser um pouco caótica’, mas é positiva” – trata-se da opinião de especialistas nas áreas do turismo e economia sobre a medida anunciada pelo Governo.

 

Na primeira do Jornal Tribuna de Macau lê-se “Importação de terapeutas com novas regras” – Instituto de Acção Social quer promover recrutamento de profissionais para as organizações não-governamentais. Hoje em entrevista ao matutino, Harry Wu para quem as “indústrias criativas vão enfrentar muitos desafios”. Na imagem Manny Pacquiao que “fez vibrar Arena do Cotai”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

O Macau Daily Times conta que Macau está em alerta depois do caso de alegada pirataria de uma página russa através de imagens de câmaras de videovigilância. Na imagem o combate de boxe deste fim-de-semana: Pacquiao domina Algieri, escreve o jornal.

 

O Business Daily puxa para manchete os 21 projectos de hotel em construção no terceiro trimestre do ano. Sete projectos estão situados no Cotai. Noutro destaque os talentos de Macau – são os Business Awards entregues na passada sexta-feira.

 

O Macau Post Daily conta que o Governo pondera abrir um centro de serviços para os trabalhadores do sector do jogo. Ainda em foco, José Sócrates, antigo primeiro-ministro português que voltou ontem a ser presente a um juiz num caso de corrupção.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

No South China Morning Post o destaque vai para a divisão que existe entre os lideres do movimento Occupy Central. Os estudantes dizem que vão ficar, os fundadores do movimento dizem que vão estabelecer uma data para se entregarem. O jornal conta ainda que mais centros de crianças planeiam encorajar mães a regressar ao trabalho.

 

O China Daily destaca mais um inquérito sobre o movimento Occupy Central em Hong Kong – mais de 80 por cento dos entrevistados querem o fim da ocupação, escreve o jornal. Ainda em foco, “Estados Unidos ajudam no regresso de fugitivos económicos”.