Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Governo vai dar cheques para combater a inflação
Quinta, 31/03/2011
Combate à inflação vai passar pela distribuição de cheques à população. Ao que a Rádio Macau apurou, esta não é uma extensão da comparticipação pecuniária, mas um apoio para fazer face à actual subida dos preços. O valor do apoio a dar à população deverá ser de pelo menos duas mil patacas. Há quem fale mesmo na distribuição de quatro mil patacas, mas o certo, asseguram as várias fontes contactadas pela Rádio, é que a população vai voltar a ter um subsídio.

Ao que a Rádio Macau apurou, o assunto tem estado a ser debatido, já foi analisado em sede do Conselho Executivo e deve ser anunciado em breve.

Recorde-se que esta semana o Governo anunciou que a partir de 1 de Abril vai reforçar o montante do apoio dado às famílias com dificuldidades económicas. O Chefe do Executivo decidiu reajustar o valor do risco social, que estabelece o regime do subsídio a atribuir a indivíduos ou a agregados familiares em situação de carência económica.

Foram alterados os valores dos apoios a conceder, consoante a composição dos agregados familiares: 3000 patacas para famílias de uma pessoa, 5210 patacas para famílias com dois elementos, 7340 para agregados com 3 pessoas, até a um máximo de 14 mil 350 patacas, para famílias com oito pessoas ou mais.

Para amanhã, sexta-feira, está marcada uma conferência de imprensa sobre as políticas sociais do Governo. Além do porta-voz do Executivo – Alexis Tam –, vão estar presentes vários directores dos serviços públicos.