Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Terça-feira)
Terça, 27/05/2014

A morte de Ma Man Kei, o orçamento para as próximas eleições do Chefe do Executivo e a polémica em torno do regime de garantias para os titulares dos principais cargos dominam atenções na imprensa local. Em Hong Kong, o principal tema desta terça-feira é o julgamento dos irmãos Kwok – dois dos homens mais ricos da região vizinha – e do ex-secretário chefe do Governo Rafael Hui.

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

O Va Kio dá conta do orçamento global para as eleições do Chefe do Executivo. Os números foram apresentados ontem e rondam 32 milhões de patacas. A morte do empresário Ma Man Kei, figura central do território, também merece referência de primeira página no diário, que olha ainda para um evento organizado pelo Instituto de Habitação, no complexo de Seac Pai Van. O objectivo da iniciativa passava por recolher opiniões dos moradores sobre melhorias no planeamento da zona.

 

No Ou Mun está em destaque o regime de garantias para os titulares dos principais cargos. De acordo com o jornal, “a sociedade concorda com a criação deste regime”, mas “é necessário recolher opiniões da população para procurar um consenso”. Ontem, o Chefe do Executivo entregou uma carta ao presidente da Assembleia Legislativa a solicitar a suspensão da discussão e votação na especialidade da proposta de lei, refere o Ou Mun. A morte de Ma Man Kei também é referida na primeira página. O empresário faleceu em Pequim, vítima de doença prolongada. Outra nota do diário vai para o orçamento global das eleições do Chefe do Executivo, que rondará 32 milhões de patacas. Entretanto, a Comissão de Assuntos Eleitorais vai realizar uma sessão de esclarecimento sobre os procedimentos da contagem electrónica de votos, já na próxima semana.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

Na emissão desta manhã do canal chinês da Rádio Macau, amplo destaque para a morte de Ma Man Kei. Uma notícia que domina a actualidade desta terça-feira e que já motivou reacções dos deputados Cheang Chi Keong, Vong Hin Fai e Tommy Lau.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

O Jornal Tribuna de Macau titula “cerco à proposta”. As “preocupações” dos cidadãos expressas na manifestação de domingo levaram o Chefe do Executivo a “solicitar a suspensão da votação do regime de garantias para os cargos públicos” e a “admitir” alterações ao diploma. No destaque fotográfico está o Pátio do Mungo que vai ser requalificado.

 

O Hoje Macau dá voz a Jason Chao, José Pereira Coutinho e Ng Kuok Cheong, que são muito críticos sobre o regime de garantias. “Truque político”, lê-se no jornal, que destaca ainda a recuperação do Pátio do Mungo, com o apoio do Instituto Cultural.

 

A manchete do Ponto Final é feita com “Chui Sai On está na origem da contestação”. O jornal ouviu opiniões de vários quadrantes e conclui que os subsídios para ex-governantes foram “a gota de água num acumular de insatisfação popular em relação ao Executivo”. Na primeira página está ainda o “tradicional” Pátio do Mungo que pode ser reabilitado.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

Regalias congeladas” diz o título do Business Daily, na sequência do pedido do Chefe do Executivo para suspender a agenda de hoje na Assembleia Legislativa. Em comunicado, Chui Sai On diz que “há ainda espaço para melhorar” a proposta de lei do regime de garantias para os titulares dos principais cargos. Noutro título lê-se “massas e sucesso do Cotai” para a notícia dos resultados da Sands China, que “cresceram 60 por cento acima da média do mercado”, nos primeiros três meses do ano.

 

Em destaque no Macau Post Daily está também o pedido de Chui Sai On sobre o regime de garantias para os titulares dos principais cargos. Na manchete lê-se “Chui promete submeter revisão da proposta de lei de regalias”. A fotografia mostra o Chefe do Executivo num encontro com o presidente da Assembleia Legislativa nas instalações dessa câmara.

 

O Macau Daily Times escreve que “Chui deixa cair regime de garantias”. No destaque fotográfico, o jornal faz referência aos resultados das eleições europeias, realçando que “partidos eurocépticos ganham força”. Na imagem vê-se Marine Le Penne, a líder da Frente Nacional francesa.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

O South China Morning Post avança que o julgamento dos irmãos Kwok – dois dos homens mais ricos de Hong Kong – e de um ex-secretário chefe do Governo, Rafael Hui, pode durar “cerca de quatro meses”. É um dos casos de corrupção mais mediátios de Hong Kong e as sessões arrancam hoje. No destaque fotográfico do jornal está o cumprimento entre o novo primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e o homólogo paquistanês, Nawaz Sharif. Um sinal de “esperança na reconciliação”, nota o jornal. Ontem, Modi foi empossado no cargo.

 

O China Daily escreve que Pequim espera “alargar” os laços de cooperação com a Índia e o primeiro-ministro Li Keqiang já felicitiou o homólogo indiano.

 

O Standard tem como principal tema o julgamento dos irmãos Kwok e de Rafael Hui. O juri deste caso é composto por nove pessoas, escolhidas entre 150, nota o jornal.