Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Jornalistas condenam atitude de vice-presidente da AL
Segunda, 26/05/2014

A Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM) quer que a Assembleia Legislativa (AL) investigue o incidente envolvendo o vice-presidente do órgão, Lam Heong Sang, e um jornalista, ocorrido no passado sábado, dia 24 de Maio.

 

Na missiva enviada ao presidente da AL, Ho Iat Seng, a AIPIM condena a atitude de Lam Heong Sang depois de ter sido questionado sobre a data para a votação na especialidade do regime de garantia dos titulares dos principais cargos.

 

A associação presidida por João Francisco Pinto afirma que o vice-presidente da Assembleia “dirigiu-se de forma impetuosa a um jornalista acusando este profissional de o estar a ‘tramar’” e que, “pouco depois, com gestos ameaçadores dirigiu-se ao mesmo jornalista dizendo que este era ‘de baixo nível’”.

 

Na carta, a direcção da AIPIM “lamenta as palavras e os gestos do Vice-Presidente de Assembleia Legislativa. Consideramos que não dignificam essa câmara”.

 

De acordo com os jornalistas, “enquanto profissionais de comunicação social exigimos ser tratados com dignidade e respeito, a mesma dignidade e respeito que merecem ser tratados os deputados. Queremos que este incidente seja devidamente investigado e explicado”.

 

Além do repúdio, é manifestado ainda o desejo de que incidentes do género “não se voltem a repetir”.