Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

IPOR vai ajustar salários e número de professores
Segunda, 19/05/2014

À saída da assembleia geral, que decorreu esta manhã, os representantes dos sócios maioritários do IPOR, o Camões e a Fundação Oriente, admitiram que haverá ajustamentos salariais, remetendo os valores para o director do IPOR. João Laurentino Neves não quis avançar números, confirmando apenas que vai haver ajustamentos salariais e também do número de professores.

 

“Uma das propostas que tínhamos para os associados era de que pudéssemos, também no que é a gestão de recursos humanos do IPOR, fazer um conjunto de intervenções que visem reforçar a sua competência para responder à procura que temos, e, neste momento, temos um quadro claramente insuficiente (...) pretendemos também a sua maior especialização, e, portanto, um investimento claro nas formações para os professores no interior do IPOR. Por outro lado, intervir no que são as condições de trabalho das pessoas que aqui entregam o seu dia-a-dia (...) agora analisaremos, em função das decisões dos associados, as condições que temos para fazê-lo, no âmbito da proposta orçamental que apresentámos. Não vou adiantar valores, vou adiantar que essa era uma preocupação nossa”, afirmou, à saída da reunião.