Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Investidor na Reolian garante direitos dos trabalhadores
Segunda, 19/05/2014

O investidor com intenção de ficar com as rotas da Reolian prometeu que pode garantir que as remunerações e regalias dos trabalhadores da concessionária de autocarros vão manter-se inalteradas. Isso mesmo afirma o director dos Serviços para os Assuntos de Tráfego, em resposta a uma interpelação do deputado Chan Meng Kam.

 

Sem anunciar a identidade do investidor, Wong Wan diz que as negociações com o Governo estão a evoluir “numa direcção favorável”.

 

Wong Wan diz ainda que nos primeiros três meses do sequestro da empresa após a falência, o Governo gastou mais de sete milhões de patacas por mês com as despesas de operação da Reolian.

 

De acordo com as últimas notícias sobre os interessados nas rotas da empresa, a China Travel Service, uma subsidiária da Nam Kwong e que pertence ao mesmo grupo da outra operadora de autocarros, a TCM, deve ser a empresa a ficar com as rotas da Reolian, avançou este mês o jornal em língua chinesa Cheng Pou, segundo o Ponto Final. Antes, já o jornal Hoje Macau avançara que a Transmac estava em negociações com o Governo para ficar com as rotas da empresa em insolvência.