Em destaque

18 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20602 patacas e 1.1314 dólares norte-americanos.

UM aprofunda intercâmbio académico com Portugal
Domingo, 18/05/2014

Dois memorandos de entendimento foram assinados, esta tarde, entre a Universidade de Macau (UM) e instituições portuguesas de ensino superior – a Universidade de Lisboa e a Universidade do Minho. O intercâmbio de alunos, investigadores e docentes domina o conteúdo dos documentos.

 

O vice-reitor da UM, Rui Martins, diz que existem apenas “dezenas” de alunos a frequentar os programas de mobilidade entre as três universidades. Os memorandos agora assinados “vêm reforçar a colaboração” de “mais de duas décadas”.

 

“Servem essencialmente para reforçar a colaboração na área dos estudos portugueses e dos estudos chineses e asiáticos”, enumera Rui Martins.

 

O responsável destaca ainda a assinatura de um protocolo de cooperação com a empresa portuguesa TechnoPhage. O objectivo desta parceria passa por “comercializar” alguns projectos na área da medicina molecular, desenvolvidos pela UM.

 

No entanto, o intercâmbio entre a instituição de Macau e universidades portuguesas vai ser alargado. É que há planos para estreitar contactos na área das energias renováveis.

 

“Temos já alguma colaboração nesta área ambiental, por exemplo, com a Universidade de Aveiro”, recorda Rui Martins, antes de acrescentar que o intercâmbio pode ser “melhorado ou reforçado no futuro” graças às condições do novo campus da Ilha da Montanha.

 

Actualmente, a Universidade de Macau tem apenas uma licenciatura em engenharia civil e ambiental.