Em destaque

20 de Março 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.2173 patacas e 1.1350 dólares norte-americanos.

Natação: Seleccionador português lamenta objectivo falhado
Domingo, 31/07/2011
O seleccionador português de natação, Rui Magalhães, lamentou à Rádio Macau que a equipa portuguesa não tenha conseguido, nos Mundiais de Natação de Xangai, cumprir o objectivo de apurar, pelo menos, quatro atletas para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Em declarações no último dia da competição, Rui Magalhães afirmou que “não saímos satisfeitos de Xangai. Um dos nossos objectivos era aumentar o número de atletas apurados para os Jogos Olímpicos e tínhamos em mente, pelo menos, quatro participações, correspondentes ao número de olímpicos presentes nesta selecção”.

Do objectivo de apurar quatro atletas, Portugal conseguiu apenas dois, Diogo Carvalho e Sara Oliveira. Por isso, Rui Magalhães reconhece que “fica um sabor amargo de não termos ido mais além”, e que seria de “esparar mais dos outros olímpicos”. Todavia, Magalhães lembra que "ainda há uma época pela frente" até à realização dos Jogos Olímpicos, agendados para o Verão de 2012, em Londres, Inglaterra.

Apesar do balanço negativo, Rui Magalhães destacou à Rádio Macau “a excelente prestação” de Diogo Carvalho nos Mundiais de Xangai, onde o nadador português obteve um 12º lugar nos 200 metros estilos, um recorde nacional e a reconfirmação dos mínimos mais exigentes para os Jogos Olímipicos.

Hoje, domingo, no último dia de provas, competiram dois portugueses. Diogo Carvalho foi o 14º nos 400 metros estilos e Nádia Vieira foi a 28ª nos 400 metros estilos.