Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Jason Chao exige Governo “honesto”
Terça, 06/05/2014

O presidente da Associação Novo Macau (ANM), Jason Chao, acusa o Executivo de mentir ao Comité de Direitos Económicos, Sociais e Culturais das Nações Unidas. Em causa está um relatório entregue pelas autoridades locais, que contém “várias imprecisões”.

 

“Por exemplo, diz que foi feita uma segunda ronda de auscultação sobre a violência domestica. O Governo cometeu ainda outra imprecisão, fazendo crer que a sociedade de Macau alcançou um consenso para estabelecer um salário mínimo apenas para os profissionais de segurança e limpeza de edifícios”, acusa Jason Chao.

 

O responsável da ANM vai ainda mais longe nas críticas e diz que já não é a primeira vez que o Governo mente a instituições internacionais. “Exijo à Administração Chui sai On que seja honesta quando enfrenta este tipo de questões por parte de organismos internacionais. Já no último ano mentiu na questão do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos. E, este ano, voltou a mentir ao Comité de Direitos Económicos, Sociais e Culturais das Nações Unidas”, denuncia.

 

Jason Chao garante que já apresentou uma queixa junto das Nações Unidas. O presidente da Novo Macau deixou ainda dois alertas ao Governo sobre questões sociais: é preciso “alargar o salário mínimo a outras profissões” e “rever a legislação sobre a habitação económica”.