Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

Duas instituições disponíveis para estudar salário mínimo
Quarta, 27/07/2011
A Universidade de Macau (UM) e uma instituição privada, que não foi identificada, estão disponíveis para desenvolver o estudo sobre o salário mínimo. O resultado do concurso público vai ser conhecido em finais de Setembro.

De acordo com o director dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL), devido à falta de recursos humanos o Instituto Politécnico de Macau e a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau não vão participar neste estudo. Shuen Ka Hung adiantou, após reunião do Conselho Permanente de Concertação Social, que a UM já enviou pessoal para se inteirar do estudo, e a outra instituição, de que não quis revelar o nome, “tem experiência nesta área”.

Até dia 10 de Agosto a DSAL vai definir os objectivos do estudo que não tem um data para estar concluído.

Shuen Ka Hung afirmou que “se for um estudo muito científico, muito detalhado e muito aprofundado precisa de mais tempo”. Na concertação social o único consenso é que o estudo tem que ser realizado.

O Conselho Permanente de Concertação Social decidiu também que no início de cada ano passará a haver uma reunião para decidir a que convenções internacionais do trabalho a RAEM deve aderir.

No encontro, as partes laboral e do patronato desenvolveram os trabalhos quanto ao cartão para os profissionais do sector do jogo, que poderá conter informação sobre o cadastro e eventuais dependências de cada trabalhador. O regime que regula esta matéria está ainda em elaboração.