Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Revista de Imprensa de Macau e Hong Kong (Segunda-feira)
Segunda, 31/03/2014

A gestão da Reolian marca as primeiras páginas dos jornais de Macau, onde estão em foco também uma entrevista de Ung Choi Kun e a proibição por parte da Austrália da venda de galgos para Macau. Em Hong Kong, o rugby, o mau tempo e a visita de Xi Jinping à Europa são os temas principais. 

 

Jornais de Macau em língua chinesa

 

No Ou mun, destaque para  a Companhia de Sistemas de Resíduos, que está a proceder a alterações no material de recolha do lixo. A ideia, explica o diário, é reduzir o ruído e o mau cheiro, bem como minimizar o impacto provocado no trânsito nos momentos em que o lixo é recolhido das ruas. Na véspera da entrada em vigor do novo contrato de concessão do serviço de recolha e tratamento de resíduos, o Ou Mun conta ainda que a CSR vai avançar para a contratação de mais trabalhadores.

 

Canal chinês da Rádio Macau

 

As nomeações, hoje em Boletim Oficial, para a Comissão de Assuntos Eleitorais do Chefe do Executivo são hoje a notícia em principal destaque na manhã da Ou Mun Tin Toi. A presidente da comissão, a juíza Song Man Lei, e os vogais Ma Iek (procuradora-adjunta do MP), Ip Song Sang (presidente do TJB), José Chu (director dos SAFP) e Vitor Chan (director do GCS) tomaram entretanto posse. Outro tema em foco no canal chinês da Rádio Macau é a queda de 40 por cento, em Fevereiro, no número de transacções de fracções autónomas destinadas à Habitação, por comparação com Janeiro.

 

Jornais de Macau em língua portuguesa

 

No Ponto Final, os transportes fazem a manchete. “Governo ao volante por mais três meses” escreve o jornal. “Os tribunais autorizaram estender o período durante o qual o Governo mantém a gestão da Reolian. A DSAT não confirma a TCM como o investidor interessado no lugar da operadora”. No Ponto Final em foco ainda a entrevista de Ho Iat Seng à Rádio Macau. O presidente da Assembleia Legislativa “defende mudança de secretários”.

 

No Hoje Macau, destaque para o facto da Austrália ter proibido a venda de galgos para Macau. “Cerco Montado” é a manchete escolhida. O jornal conta que a “Austrália baniu a exportação de galgos para Macau por falta de mecanismos de protecção animal. O presidente da ANIMA, Albano Martins, considera que a decisão foi a mais acertada, mas lembra um pequeno grande detalhe: “há sempre a hipótese de eles virem cá pela porta do cavalo”. A um ano de ver a sua licença expirar, o canídromo começa a ficar de mãos atadas".

 

No Jornal Tribuna de Macau, uma entrevista com Ung Choi Kun domina, quase por completo, a primeira página. O  Líder da Associação dos Empresários do Sector Imobiliário de Macau diz que a associação “vai propor a revisão da legislatação sobre arrendamento”. No JTM, em foco ainda os “milhares que  protestam em Taipé contra pacto com a China” e a “concorrência à vista na net”.

 

Jornais de Macau em língua inglesa

 

Os protestos em Taiwan estão também na primeira página do Macau Daily Times. O jornal escreve que uma “multidão em Taiwan protestou contra acordo comercial com a China e que a raiva se estende a Macau”. Noutro título, o Macau Daily Times  jornal conta que o “Governo de Macau recebeu a aprovação do tribunal para o pedido de extensão do prazo para gerir a Reolian” – a companhia de autocarros públicos que declarou falência.

 

“Grupos querem consulta antes de importação de terapeutas”, é a manchete do Macau Post. O diário revela que três associações que representam fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e terapeutas da fala pedem ao Governo para consultar o sector antes de avançar para a importação de 40 profissionais, na segunda metade do ano. Noutro destaque, o Macau Post sublinha as palavras da deputada Chan Hong,  defende uma promoção “mais activa” da Lei Básica.

 

Jornais de Hong Kong em língua inglesa

 

No South China Morning Post, destaque para o “sevens”. O torneio de rugby terminou ontem, com a vitória da Nova Zelândia que na final levou a melhor sobre Inglaterra, por por 27-7. Na primeira do south china morning post há tambem espaço para as declarações de Shi Zhilong, um antigo conselheiro politico do Governo Central, que diz que a prioridade do presidente Xi Jinping, no caminho para a reforma, é o reforço do poder do Partido Comunista, algo que este analista critica, dizendo que o Chefe de Estado tem procurado abrir a economia e promover um mercado livre, mas nada tem feito para subverter a força e o poder do Partido Comunista.

 

No The Standard. é o mau tempo que merece honras de primeira. O jornal destaca a chuva de granizo que casou o pânico em muitos locais do território vizinho, provocando também alguns estragos materiais. No aeroporto, mais de 130 voos foram afectados. O Observatório de Hong Kong fez soar o nível máximo de alerta, pela primeira vez este ano.

 

No China Daily, em foco o périplo europeu do presidente Xi Jinping. Este domingo, o Chefe de Estado esteve em Bruxelas onde se encontrou com Rei da Bélgica. O China Daily fala em reforço de parcerias.