Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Rota das Letras: Balanço e modelo "muito positivos"
Segunda, 31/03/2014

Foi um festival com imensos pontos muito positivos e o modelo é para continuar. Este o balanço de Ricardo Pinto, director do Festival Rota das Letras que ontem, terminou. “Desde logo devido aos convidados”, sublinha, “que foram de grande qualidade”.

 

“Houve conferências muito interessantes, muito participadas pelo público. Houve autores que deixaram saudades e deixaram aqui amigos e gente muito interessada nas suas obras, nomeadamente a Clara Ferreira Alves”. Ricardo Pinto refere ainda o caso do poeta chinês Hu Xudong, “uma personalidade muito marcante também, não apenas pela qualidade da sua obra, mas também pela forma como aqui se apresentou e pela simpatia que conseguiu gerar à sua volta”.

O director do festival pronuncia-se ainda sobre o modelo da organização. “Andará sempre à volta do que aconteceu este ano, mas vamos olhar para esta edição e vão ser introduzidas alterações pontuais naquilo que nós entendemos que funcionou menos bem”.

 

Ricardo Pinto compara esta edição com a anterior. “Acho que, relativamente, ao segundo ano houve alguns avanços, houve coisas que correram bastante melhor, mas também houve outras que ficaram um bocadinho aquém das expectativas, e a verdade é que estamos sempre abertos a corrigir alguns erros que possam ter sido feitos”.