Em destaque

22 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.20 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Ho Iat Seng: Composição da AL não tem empresários a mais
Sábado, 29/03/2014

O presidente da Assembleia Legislativa (AL) considera que a composição do hemiciclo reflecte a realidade de Macau e rejeita que a percentagem de deputados com interesses empresariais tenha aumentado nas eleições de Setembro passado. “Não é demasiada alta, é normal e estável”, comenta Ho Iat Seng.

 

“Na actual e na anterior legislatura, podemos dizer que mais de 50 por cento deputados eram e são empresários. Na realidade, o número de deputados do sector empresarial nesta legislatura desceu mais de um por cento face à anterior. Macau é uma sociedade capitalista, não é uma região de socialismo. Acho razoável que a percentagem de deputados do sector empresarial atinja 50 por cento”, explica o presidente da AL.

 

“Na primeira legislatura, foi de 43 por cento. Na segunda legislatura, foi de 48 por cento. Penso que é normal. Na terceira legislatura, a percentagem manteve-se em 48 por cento, subindo para 55 por cento, na quarta legislatura. Agora, está em 54 por cento. A variação da percentagem é normal, por isso entendo que a actual legislatura não tem deputados do sector empresarial a mais. Por outro lado, o que não podemos negar, é que temos mais deputados do sector do jogo em comparação com as legislaturas anteriores”, aprecia ainda Ho Iat Seng.