Em destaque

14 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.1522 patacas e 1.1278 dólares norte-americanos.

MIECF: 400 empresas à procura de negócio
Quinta, 27/03/2014

Até este sábado, 400 empresas estão reunidas no Venetian para o Fórum e Exposição Internacional de Cooperação Ambiental (MIECF, na sigla inglesa). Chegam de mais de 20 países e regiões e apresentam o que se vai fazendo um pouco por todo o mundo em termos de inovações ambientais.

 

Ao longo dos corredores da feira são muitas as soluções em exposição, desde carros eléctricos a cozinhas.

 

De Portugal vieram 24 empresas, entre elas a Technoedif Engenharia, a funcionar desde os anos 60. A empresa faz projectos de engenharia para indústria e para empresas ligadas ao petróleo e, mais recentemente, alargou a sua acção a Moçambique, onde abriu uma delegação. Em Macau pela primeira vez, a empresa procura parcerias, sobretudo com empresas chinesas.

 

“Temos encontrado várias empresas chinesas e achamos interessante começar a manter contactos com essas empresas que se têm expandido por todo o mundo. Queremos manter contactos para criar sinergias e protocolos”, afirma Wilma Gonçalves.

 

No grupo das empresas de Macau uma das referências é a CESL ASIA. Para o presidente, António Trindade, esta feira é já um sucesso em Macau e na região: “Esta feira é um exemplo de que não é só importante para Macau, mas importante em qualquer sítio da região. Provavelmente, é, das que conheço, das mais importantes com o tema do ambiente.”

 

António Trindade sublinha ainda a oferta diversificada desta feira, que não passa apenas pela vertente do negócio. “Tem política ambiental, tem questões científicas, tem a parte dos negócios no âmbito muito alargado, desde as infraestruturas aos produtos de consumo, aos automóveis, aos transportes. Todas as áreas importantes e relevantes para a região no sector do ambiente estão cá”, adianta António Trindade.