Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

MIECF conta este ano com 400 empresas de 20 países e regiões
Terça, 25/03/2014

A sétima edição do Fórum e Exposição Internacional de Cooperação Ambiental (MIECF na sigla inglesa) arranca já depois de amanhã, dia 27 de Março, com 400 empresas participantes de 20 países e regiões, entre elas a zona do Delta do Rio das Pérolas, Singapura, Portugal, Reino Unido e Estados Unidos.

 

Este ano o mote é “Crescimento Verde em Dinamismo”. O evento decorre no Venetian e tem um orçamento de 25 milhões de patacas, um valor igual ao da edição do ano passado. Até agora estão inscritas quatro mil pessoas, estando também já agendadas 490 bolsas de contacto.

 

O presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), Jackson Chang, destaca a importância que este evento tem vindo a ganhar, tornando-se já “uma importante plataforma de intercâmbio e de cooperação no âmbito da protecção ambiental entre a China e a comunidade internacional”. Para Jackson Chang o evento tem igualmente contribuído “de forma pró-activa para a promoção do nível de desenvolvimento da indústria ambiental em todos os aspectos, e dando um contributo positivo para acelerar a diversificação do tecido económico de Macau”.

 

Também o director dos Serviços de Protecção Ambiental destacou a importância deste fórum para Macau. “É importante que Macau se esforce para se articular com o seu posicionamento regional de desenvolvimento construindo uma cidade de baixo nível de carbono e desenvolvimento sustentável”, afirma Cheong Sio Kei.

 

O último dia do Fórum e Exposição Internacional de Cooperação Ambiental, dia 29 de Março, é do Dia Verde do Público, este ano o tema é “Não aos sacos de plástico, sim a uma cidade mais verde”.

 

Nesta edição deste ano da MIECF há nove conferências e dois seminários. Entre os oradores convidados estão o Nobel da Economia Joseph Stiglitz e James Jao, especialista do de Planeamento da Administração Estatal dos Assuntos de Especialistas Estrangeiros da China e membro da Direcção do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos.