Em destaque

18 de Abril de 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9,1616 patacas e 1,1296 dólares norte-americanos.

 

Condenação afasta Joseph Lau da chefia da Chinese Estates
Segunda, 17/03/2014

Joseph Lau foi substituído pelo filho na liderança da Chinese Estates Holdings, depois de conhecida a sentença do Tribunal Jucial de Base de Macau. O colectivo de juízes condenou o empresário a cinco anos e três meses de prisão no âmbito do processo conhecido por La Scala.

 

Na sequência da sentença, Joseph Lau demitiu-se dos cargos de presidente e director executivo da Chinese Estates Holdings e as funções passaram para as mãos do filho Lau Ming-wai, de 33 anos. O anúncio foi feito ontem pela empresa cotada na Bolsa de Valores de Hong Kong, mas a decisão tem efeitos práticos desde sexta-feira.

 

No mesmo comunicado, a Chinese Estates realça que já foi apresentado recurso da decisão do tribunal de Macau e defende que a sentença e resignação de Joseph Lau não devem ter impacto negativo nas operações e na situação financeira do grupo. De sublinhar ainda que na edição de ontem, o South China Morning Post dizia que Macau e Hong Kong estão em conversações sobre um acordo de extradição. Além de Joseph Lau, também o outro empresário de Hong Kong, Steven Lo, foi condenado a pena de prisão de cinco anos e três meses no mesmo processo.