Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Governo garante canais básicos antes de 1 de Abril
Sexta, 14/03/2014

O secretário para os Transportes e Obras Públicas, Lau Si Io, diz que a organização sem fins lucrativos, que com o apoio do Governo vai ser responsável pela distribuição gratuita dos canais do serviço pago emitidos em sinal aberto, estará em funcionamento antes do dia 1 de Abril. É precisamente neste dia que termina o contrato de exclusividade da TV Cabo.

 

“O Governo já está a proceder aos trabalhos de estabelecer uma companhia para fazer a transmissão dos canais básicos. Vamos forçar isso para que possa entrar em funcionamento antes de 1 de Abril. É preciso garantir que os cidadãos de Macau vão poder ver sem interrupção os canais básicos de televisão”, explicou Lau Si Io.

 

O secretário para os Transportes e Obras Públicas disse ainda que o número de canais básicos que vão ser transmitidos pela organização sem fins lucrativos continua a ser negociado. As declarações do governante foram feitas à saída de um encontro da Comissão de Acompanhamento para os Assuntos de Terras e Concessões Públicas, que recebeu membros do Governo para discutir as obras do metro ligeiro.

 

Na reunião, os deputados voltaram a ouvir que as primeiras composições vão circular em 2016, na Taipa. Quanto à conclusão do projecto – que já custou 8,4 milhões de patacas – pode só acontecer daqui a uma década.

 

“Segundo a resposta dada, como está obra, a parte que vai estar concluída mais cedo será em 2016. A médio e longo prazo, os trabalhos podem ir até um período de dez a 15 anos. Quanto aos valores estimados, como todos sabem, há inflação. O valor dos materiais também vai conhecer aumentos. Por isso é que o Governo não consegue avançar com um orçamento preciso”, indicou o presidente da comissão, Ho Ion Sang.