Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

Casa de Vidro do Tap Seac pode vir a ter cursos com IFT
Quarta, 12/03/2014

O projecto para a Casa de Vidro do Tap Seac pode vir a passar também pela oferta de cursos na área das artes e da cultura, em cooperação com o Instituto de Formação Turística (IFT). A informação foi avançada à Rádio Macau pelo Instituto Cultural (IC).

 

Além dos postos de venda de produtos criativos, cafés, livrarias e espaços para exposições – já mencionados anteriormente pelo Executivo –, o Instituto adianta que há também planos de disponibilizar “cursos de formação em artes e cultura, em cooperação com o IFT”.

 

Ainda segundo o IC, depois de concluídos os planos, haverá uma consulta pública sobre o assunto. Já no que diz respeito ao arrendamento, o Instituto explica que “vai ser feito através de concurso público num regime preferencial, para uso de entidades que desejem desenvolver as indústrias culturais”.

 

Além da Casa de Vidro do Tap Seac, os planos do organismo em termos de reutilização de espaços culturais abrangem também o já anunciado Cinema de Artes, previsto para a Travessa da Paixão, ou as Oficinas Navais. Já em funcionamento, lembra o IC, estão a C-Shop, na Avenida da Praia Grande, e o Centro de Informação sobre Património Cultural e Loja de Presentes da Casa do Mandarim.

 

A resposta do Instituto Cultural surge na sequência das perguntas da Rádio sobre eventuais planos do organismo para apoiar entidades ligadas à cultura a enfrentarem as subidas dos preços no mercado de arrendamento. O organismo explica que, “no actual quadro legal”, “prestar apoio ao arrendamento às indústrias locais não é uma competência do Instituto Cultural”, mas sublinha que “espera criar mais plataformas para mostras, dando assim mais oportunidades às entidades destas áreas para exibição e venda dos seus produtos e serviços” (ver notícia aqui).