Em destaque

19 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.16 patacas e 1.12 dólares norte-americanos.

Macau tem espaço para mais turistas, alega académico do IFT
Domingo, 02/03/2014

Um dos representantes do Centro de Estudos do Instituto de Formação Turística (IFT) considera que ainda há espaço para trazer mais turistas para Macau. Patrick Lo concorda, assim, com a estratégia do Governo de diversificar a região de origem dos turistas da China e o tipo de turismo que é feito em Macau, realçando que estão a ser criadas mais infra-estruturas para o efeito.

 

“[A capacidade da cidade] depende do período a que nos referimos. Certamente que, se falarmos dos feriados do Ano Novo Chinês, essa é uma altura tradicionalmente mais agitada, os visitantes ultrapassaram já um milhão este ano (...). O Governo está a empenhar-se na melhoria das infra-estruturas e dos estabelecimentos de Macau, não só para responder ao aumento do número de visitantes mas também para o bem-estar dos residentes”, indicou Patrick Lo, em declarações à Rádio Macau.

 

Patrick Lo também defende a diversificação do tipo de turismo numa vertente mais ligada às artes. “Os resultados dos estudos que fizemos demonstram que os visitantes também gostam de Macau para fazer compras. Podemos, por isso, considerar construir mais alguns estabelecimentos com esse fim. Por outro lado, uma actividade interessante poderia ser a participação de turistas em actividades culturais locais. Por exemplo, vamos receber a Orquestra Sinfónica de Londres e esta seria uma maneira de atrair outro tipo de turistas”, explicou na reportagem desta semana do programa Paralelo 22, que vai para o ar todos os domingos ao meio-dia e repete às terças-feiras às 10h30, ou que pode ainda ouvir na nossa página da Internet.