Em destaque

21 de Fevereiro 2019: às 12h30, o BNU negociava 1 euro por 9.21 patacas e 1.13 dólares norte-americanos.

TDM nega interferências na informação
Quinta, 27/02/2014

A Teledifusão de Macau (TDM) nega hoje em comunicado qualquer interferência na informação da empresa. Face às notícias recentes de alegadas interferências do Conselho de Administração da TDM sobre a liberdade de informação, “afirma-se e confirma-se que a TDM sempre concede grande importância e e respeita escrupulosamente a liberdade de informação”.

 

No comunicado, lê-se que “a Administração da TDM nunca tentou interferir na liberdade editorial do departamento de informação”.

 

O Conselho de Administração” reafirma o seu respeito pelos valores fundamentais de protecção da liberdade de imprensa e liberdade de expressão”.

 

A empresa reitera que vai continuar “a intensificar a comunicação interna com o seu pessoal, bem como continuará a ouvir a opinião pública trabalhando em conjunto para a indústria da teledifusão”.